17.03.09

 Já viste como é que a tua tia está?

 

Depois de ter dado entrada com uma pneumonia no Hospital de Bragança, a minha tia teve de passar para os Cuidados Intensivos devido a uma infecção hospitalar. Se isto já de si não fosse suficientemente grave, eis senão quando ela sai para a Medicina Geral e deparamos com o seu corpo cheio de equimoses.

 

- Que lhe aconteceu? 

- Deixaram cair quando tomava banho, respondeu laconicamente, sem protestar sequer.

 

Chamado o enfermeiro questionamos o que tinha acontecido. Não sabia. Do relatório não constava nada.

 

- Mas ela não entrou assim no hospital!

- Se calhar caiu.

 

 

A minha consciência diz-me que devia pedir o Livro de Reclamações e formalizar uma queixa contra os serviços do hospital. A minha mãe, como profissional de saúde, prefere chamar à atenção a directora do serviço para que a situação não se volte a repetir.

 

Eu cá acho isso muito pouco mas já estou habituada a que nunca concordem comigo.


Realmente, isso não é nada normal. E não haver nenhum relatório de queda, do porquê e quais as condições da queda. Acho que devia exigir mais das pessoas que trabalham naquele serviço. É verdade sim, que as pessoas caem e no hospital também porque ninguém é supra sumo, mas que lhe deviam explicar melhor como aconteceu essa situação e de certa forma um pedido de desculpas, principalmente à pessoa lesada porque essa sim, poderia ter ficado com muito mais consequencias do que umas equimoses.
Mas pronto, esta também é a minha opinião, que não conta para nada.
Boneca de trapos a 11 de Abril de 2009 às 18:01

Conversas do meu amigo imaginário
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

16
18
19
20

24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
Obrigado pela visita!
blogs SAPO