03.10.12

Nenhum português merece ter como ministro das finanças um tipo teórico chamado Gaspar com pinta de Mister Bean. Mas se este fosse apenas o único problema do país...Ainda temos um Coelho, um Relvas...é uma alegria e o que o povo gosta mesmo é de circo! 

 

A falta de vergonha atingiu os seus máximos históricos, numa curva ascendente que alinha com o máximo histórico do desemprego, do endividamento...

 

As medidas de austeridade para 2013, as tais que substituem a malfadada (e mal falada Taxa Social Única), foram agora apresentadas a todo o povo, ou àquele que pode, às três da tarde, tirar uma horita ou duas para ouvir o governante dizer afinal como é que será o dia-a-dia dos portugueses no próximo ano. O desrespeito é ainda maior quando em Bruxelas já há cinco dias todos sabiam do que aí vinha... E o que vem é a atribuição de um subsídio aos funcionários públicos, 1,1 dos subsídios aos reformados e pensionistas e, (tcharam! isto é magia!), a diminuição dos escalões do IRS de oito para cinco, com o consequente aumento da taxa média efectiva do imposto de 9,8% para 11,8%. Diz que ministro que quanto maior for o rendimento, maior será a taxa média de imposto, mas, na verdade, todos estão à espera que agora os experts em economia e gestão venham explicar o real impato disto para os portugueses.

 

Eu que não percebo muito de economia, parece-me que isto se trata de dar com uma mão para tirar depois com as duas.... O ministro ainda falou do progresso de todo o programa aplicado pelo Governo e como o  mercado externo se orgulhava do nosso país. Que bom. Quem estivesse fora do contexto acharia que estas medidas são positivas, Portugal está no bom caminho, o futuro anuncia-se normal e sem problemas de maior, ao contrário do que dizem por aí as más línguas. O povo há-de continuar a pagar e os palhaços a dar espetáculo. Vive-se bem em Portugal.


Conversas do meu amigo imaginário
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
Obrigado pela visita!
blogs SAPO