18.11.09

 Desde há uns dias para cá que tenho dificuldades em adormecer. Revi toda a estante de livros disponíveis e descobri um com um título muito engraçado, oferta do jornal Público, de há anos. Chama-se "O Monge que vendeu o ferrari". O argumento é simples: um advogado muito rico, com tudo e mais alguma coisa, começa a entrar numa espiral de declínio. Um dia tem um enfarte, sobrevive à rasca e decide abandonar a vida que tinha para se tornar um monge. Regressa depois com os ensinamentos da "eterna juventude" e a partir de certa altura o livro é uma espécie de guia espiritual, (ou pretende ser), sobre como viver melhor, ser feliz, alcançar objectivos, etc. 

Liguei então a televisão e apanhei um documentário do canal História sobre a civilização Maia. Bom, pensei, isto sim, finalmente alguma coisa interessante! O problema é que o dito documentário alertava para as premonições dos Maias sobre o fim do mundo, previsto para 21 de Dezembro de 2012. Parece que os planetas vão ficar alinhados e isso vai provocar alterações na Terra, alterações que já são visíveis. Fiquei assustada, confesso.

Desliguei o mau agoiro e tentei dormir. Silêncio. Silêncio. Silêncio.

Nunca conseguirei descrever este silêncio ensurdecedor porque é de facto ensurdecedor. Nem um carro, nem vento, nem chuva, nenhum som. Absolutamente nada. Já é a segunda ou terceira noite que não consigo adormecer com tanto silêncio. Pensei até levantar-me e sair pelas ruas. Filmar o silêncio. Mas é assustador e eu ia causar som. Fiquei quieta, a ouvir o silêncio e a imaginar o 21 de Dezembro de 2012. Poderei estar aqui, a contemplar o mundo que conheço ou terei de assistir ao fim dos tempos? É assustador.


Conversas do meu amigo imaginário
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes
arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
subscrever feeds
Obrigado pela visita!
blogs SAPO