15.12.09

 A Sapo lançou o desafio: escolher o post que mais me marcou em 2009. É um post sem título, um desabafo que me libertou para continuar neste espaço a dialogar com os meus pensamentos, feito a 20-10-09, quatro dias depois de eu fazer anos e 18 meses depois da dita conversa, que foi real.

 

 

tags:
publicado por Lacra às 16:45

 Trim, trim, trim

  •  Sim? Quem é?
  • É da EDP. Vamos cortar a luz uns minutinhos para alterar o contador.
  • Ah, mas agora é completamente impossível. Estou a jogar e estou no último nível...

 


11.12.09

Quando entrei e sorridente cumprimentei os colegas, ninguém imaginava que me preparava para fazer a minha declaração mais bombástica de sempre. Para mim, pelo menos.

 

Tinha passado a noite toda a pensar em tudo o que tinha para dizer e que há anos se entalava na garganta. No trajecto de casa ao trabalho, pensei mais uma vez. Digo apenas o que tenho a dizer e venho embora ou digo tudo o que sempre quis dizer e venho embora?

 

Estive sempre inclinada para a segunda opção. A meio da tarde pedi aos dois senhores que me acompanhassem para a mítica salinha de reuniões. Sem saberem o que esperar de mim, nunca antes tinha feito tal coisa, seguiram-me calados, entreolhando-se.

 

  • Bom, pedi para reunirem comigo porque lhes quero dizer que me vou embora

Bummmmmmmmmmm. Senti o meu coração acelerar. Não era nada disso que estava pensado.

Eles entreolharam-se e, depois de um silêncio que pareceu durar horas, ele finalmente disse.

 

  • Muito bem. E vais para onde?
  • Vou-me embora. O P. foi colocado em Évora, aqui nunca teve oportunidade de trabalhar na área. Eu vou com ele.
  • E tens alguma perspectiva? Vais fazer o quê? Tens a certeza?
  • Aqui não tenho nenhumas perspectivas também. A vantagem de ir é que finalmente me liberto de vocês e de tudo isto. Aliás, pensei que era isso mesmo que vocês queriam!

Trim, trim, trim.

 

Acordo sobressaltada com o despertador. Tenho o cabelo molhado de suor e sinto-me gelada. Afinal, tudo não tinha passado apenas e só de um sonho. Ainda não foi desta que me consegui libertar...

 

sinto-me:
tags:
publicado por Lacra às 12:09

03.12.09

Junkies de todo o mundo, uni-vos!

 

E juntai-vos a mim,

 

para que eu não me sinta tão só.

 

Num mundo pré-formatado,

 

quadrado,

 

doente.

 

Uni-vos para que sejamos mais

 

a contrariar a ordem

 

aparente,

 

caótica.

 

Sem rumo,

 

assim me sinto tantas vezes,

 

perdida num labirinto de regras e imposições.

 

Voar

 

sem asas

 

é possível,

 

sem sair do lugar.

 

Num instante que dura minutos,

 

horas.

 

A divagar,

 

a rir,

 

a reflectir o mundo.

 

O caos,

 

a desordem,

 

o mal.

 

Do alto do meu palanque,

 

com todo orgulho vos digo,

 

não há nada melhor

 

que só olhar para o meu umbigo!

 

E as pedradas que apanho

 

todos os dias,

 

sem excepção,

 

só me fazem voltar

 

para mais uma vez me negar

 

a esse papel de carneiro.

 

Numa viagem sem volta,

 

para lá deste pequeno Portugal,

 

curo a minha revolta

 

indo às raízes ancestrais

 

de uma planta

 

que sem mal algum

 

se encontra vedada aos mortais.

tags:
publicado por Lacra às 10:37

02.12.09

 Aqui há dias vi o programa cinco para a meia-noite, na RTP2 e apanhei um momento que classifico como insólito, sobretudo para uma estação de serviço público. Duas senhoras, munidas de cinco ou seis maletas, apresentavam aos convidados e à apresentadora do programa material erótico. O meu favorito foram umas tangas de mulher com vibrador incluído e comando à distancia!

Só um homem pode ter imaginado tal objecto. Cuecas vibrashape com comando à distância? Mas será que alguém acredita que as coisas vão lá com um comando? Que é uma questão de electrónica aplicada à fisiologia humana?

Depois de reflectir cheguei à conclusão que as cuecas até podem ter sido imaginadas por um homem mas só as mulheres para lhes darem crédito e fazerem acreditar que aquilo pode funcionar! Homens, entretenham-se com o comando. Mulheres, relaxem e aproveitem para embalar num bom soninho.

Eh pá, esta merda não funciona. Passei a noite com o comando na mão e ela em sono profundo. 


Conversas do meu amigo imaginário
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
18
19

20
24
25

27
28
30


arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO