24.11.09

 Estou a cair de sono. Sinto-me cansada apesar de me ter deitado por volta da meia-noite. Não tenho vontade de trabalhar, não tenho vontade de sair, não tenho vontades.

Acontece-me acordar e pensar que estou noutra cidade. O meu Porto. Não posso dizer que tenha sido dos melhores fins-de-semana. Vi uma pessoa ter um ataque à minha frente e demorei uns largos minutos a reagir. Senti-me muito mal. Pensei que o homem estaria a ficar baralhado das ideias e ignorei, ri-me até. E ele confuso tentava finalizar uma historia que não me interessava particularmente e repetia as palavras. Às tantas reagi, sem saber muito bem o que se passava. Cerca de uma hora passou entre o sucedido, telefonemas para o 112 e vinda de uma ambulância. Tive muito medo e senti-me uma perfeita inútil.

A noite de sábado também não foi como eu esperava. Agradeço a quem deixou sugestões, bons bares, por acaso. Mas está cara a noite. Às tantas ficamos pelo bairro, com miúdos mais novos. A noite toda a fumar. Acho que perdi a alegria. Esperava que o Sapo mandasse aquele pacote, mas afinal parece que era publicidade enganosa.

tags:
publicado por Lacra às 10:28

Conversas do meu amigo imaginário
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes
arquivos
2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO